25 de julho de 2017

De onde eu venho...


"Eu venho de um lugar que tem cheiro de mato, água de rio logo ali e passarinho em todas as estações.

Eu venho de um lugar em que se divide o pão, se divide a dor e se multiplica o amor..."

Rita Maidana

24 de julho de 2017

Vitor Ávila disse...


Ela tem em sua alma a dosagem secreta do paraíso que vivenciou um dia, no olhar a sofreguidão de alguém que já deixou de acreditar muitas vezes, no seu peito a persistência e a coragem de continuar mesmo quando os passos tranquilos parecem não encaixar no caminho escuro. 

Ela sabe renascer em silêncio e transforma tudo que um dia possa afetá-la negativamente em cinzas, ela é determinada e não desperdiça o tempo.

Pessoas fazem estragos bem grandes num coração manso, por isso ela resolveu se prevenir e olha primeiramente para si, depois ao redor. 


O amor-próprio se tornou aliado de vida, o que tiver de ser, será, e do jeito que ela escolher, naturalmente.

( Vitor Ávila )

22 de julho de 2017

Se emprestar ao outro



Por mais que pareça comum, ainda tenho dificuldade com a mão que não afaga. 
 
Com a palavra que não diz. 
 
Com o peito que não dispara. 
 
Com os olhos que não se declaram.
 
Por mais que pareça pouco usual, permaneço praticando a vontade bendita. 
 
O encorajamento sincero.

Ainda me comovem os atos generosos, as mensagens enviadas sem intenção subjetiva, o telefonema dado apenas para saber sobre o bem-estar do outro.

Ainda me sensibilizo com a capacidade não utilitarista daqueles que, sendo próximos, não são perversos. 
 
Não se aproveitam da aproximação para ganhar um brinde.

Gostar com gosto. Amar por amor. Doar por convicção.

Se emprestar ao outro ainda é a fortuna mais afortunada, se é que me entende.

|Cláudia Dornelles|

20 de julho de 2017

O encanto não está nos olhos de quem vê


"Que a gente até seja o que os outros dizem...

Mas que nunca deixemos
de ser o que realmente somos.

O encanto não está nos olhos de quem vê,
e sim, na alma de quem sabe sentir..."

Nataly Celina

19 de julho de 2017

Não espere pelo destino para alcançar seus objetivos


❝ Não sei se acredito em destino, se não acredito,

também não desacredito.

Mas ficar esperando sentada o destino me trazer

o que acho que mereço e desejo é que não vou ficar!

Não espere pelo destino para alcançar seus objetivos,

realizar seus sonhos. O destino é merecido quando

vem acompanhado de atitude e perseverança! ❞

Damaris Ester Dalmas

17 de julho de 2017

Felizes daqueles que se deixam em paz!





Quem nunca ouviu ou disse a frase corriqueira "me deixa em paz!"? 
Difícil responder "eu nunca". Quem nunca? 
Entretanto, a cada dia mais pessoas não se permitem um dia, um momento sequer, de contemplação. 
Cada vez mais somos acometidos de uma espécie de sentimento de urgência. E para tudo. 
Mesmo as férias tão esperadas levam um tempo, talvez alguns dias, para serem assimiladas. 
Tudo tem de estar em movimento, o tempo todo. 
Nós e tudo à nossa volta precisa estar em ebulição. 
Precisa mesmo? Por que? Melhor, para quê? 
Que tendência destrutiva é essa, dos tempos modernos, que não permite a paz? 
Por que não nos deixamos em paz? 
Atualmente a frase que mais estimo é esta: felizes os que SE deixam em paz. 
Tenho buscado fazê-la concreta e diariamente. 
E você, a quantas anda sua sensação de urgência interna? 
Há quanto tempo não SE deixa em paz?

|Cláudia Dornelles|

15 de julho de 2017

Eu venho de um lugar em que se divide o pão


"Eu venho de lá onde o bem é maior. 

De onde a maldade seca, não brota. 

De onde é sol mesmo em dia de chuva e chuva chega como bênção. 

Lá sempre tem uma asa, um abrigo para proteger do vento e das tempestades. 

Eu venho de um lugar que tem cheiro de mato, água de rio logo ali e passarinho em todas as estações. 

Eu venho de um lugar em que se divide o pão, se divide a dor e se multiplica o amor..." 

Rita Maidana

14 de julho de 2017

Osho disse...


"Não importa se te amam ou te criticam, se te respeitam, te honram ou te difamem, que te coroem ou te crucifiquem; porque a maior bênção que há na existência é ser você mesmo."

Osho

Pedra e Vidraça



O ditado popular diz que " facilmente mesmo é ser pedra, difícil é ser vidraça".
Pense bem sobre isso.
É justamente o oposto.
Triste a vida da pedra. Ser inanimado que nada constrói, dedicada a quebrar os vidros que se exaltam por sua fragilidade translúcida, mas de pura grandeza na sua transparência.
Que pedra, nada!
Eu quero mesmo é ser vidraça.
Poder ficar molhada e seca. Transparecer a luz do sol e o nublado do céu.
Quando quebrada ainda há possibilidade de reconstrução; enquanto a pedra será sempre pedra, não passará de pedra e viverá inanimada como "um nada".
Um ser inanimado e hostil movido pela vingança, pelo conforto de se resumir a só destruir.

[ Cláudia Dornelles ]

13 de julho de 2017

Aprendi que não preciso me camuflar para que gostem de mim...


Sempre acreditei que ser verdadeiro vale muito mais a pena. 

Ninguém me perde fácil, na verdade eu faço muitos testes, mas independente de qualquer coisa sempre sou honesto com meus sentimentos e super transparente nas minhas atitudes. 

Aprendi que não preciso me camuflar para que gostem de mim, fica quem quer e se ficar será muito bem acolhido. 

Amor próprio foi a primeira saída que encontrei quando estava no abismo. 

Hoje eu me valorizo mais, hoje eu sei quem sou e até qual lugar pretendo chegar.

Estou gostando mais de mim.



( Vitor Ávila )
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...